Utilização correta dos extintores salva vidas

O extintor de incêndio é um dos equipamentos para prevenção e combate a incêndio exigidos pelo Corpo de Bombeiros para a garantia da segurança patrimonial e da vida. Mas, você sabe como utilizar um extintor em caso de sinistro? Infelizmente, a maioria das pessoas não...

797

O extintor de incêndio é um dos equipamentos para prevenção e combate a incêndio exigidos pelo Corpo de Bombeiros para a garantia da segurança patrimonial e da vida. Mas, você sabe como utilizar um extintor em caso de sinistro? Infelizmente, a maioria das pessoas não sabe como usar um item tão importante.

A Importância do extintor de incêndio

Na fase inicial do incêndio, a utilização adequada do extintor é muito importante para conter as chamas. O uso correto do equipamento salva muitas vidas. E isso tem muito a ver com o manuseio, a utilização errada pode causar danos irreversíveis.

Veja os passos:

  1. Puxar a trava de segurança;
  2. Em seguida, aponte a mangueira do extintor em direção as chamas;
  3. Mantenha o equipamento na vertical e aperte o gatilho;
  4. Movimente a mangueira e aplique o agente extintor.

O uso correto do equipamento evita muitas tragédias porque combate o incêndio ainda no início.

O que mais preciso saber sobre extintores?

Antes de usar o extintor fique atento a classificação do incêndio. Nada de sair apagando chamas com qualquer tipo extintor. Cada foco precisa de um tipo específico de extintor e as informações das substâncias estão no rótulo do equipamento.

Geralmente, os extintores estão posicionados em local correto, determinado por projetos técnicos que avaliam os riscos de cada tipo de incêndio. No projeto são consideradas a área do imóvel, os materiais usados e número de pessoas.

Os tipos de extintores e suas funções

  • Água pressurizada: Para incêndios de classe A (madeira, papel, tecido, materiais sólidos em geral).
  • Gás carbônico:Incêndios classe C (equipamento elétrico). Também é usado em incêndios de classes A e B.
  • Pó químico seco:  Classe B (líquido inflamáveis). Usado também em incêndios de classes A e C.
  • Pó químico especial:Combate incêndios de classe D (metais inflamáveis).

Quando a área for maior ou igual a 750 metros quadrados é necessário ir além de extintores de incêndio. Entre os equipamentos, está um sistema fixo de combate ao incêndio, como alarme, brigada e também hidrantes. Todos os procedimentos devem seguir as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e do Corpo de Bombeiros.

 

Participe. Deixe seu comentário:

Comentarios

In this article